Offline

setembro 10, 2017


Dress: Fifth The Label | Coat: Reality Studio
Vestido: Fifth The Label | Casaco: Reality Studio

I've just realized it's been more than a month since my last publication here.
This time I wasn't changing anything around here but I was actually enjoying my offline life. 

Nowadays, especially as a blogger,  it's really hard to separate our offline/online lives, our days are planned in order to create content to our online platforms, our hours are spent documenting almost anything we do, it's almost like our personal reality tv show.

We live our days connected to the world. Don't get me wrong, connection is cool. It's because of it that you can talk with your erasmus friend from the other side of the world, that you discover that cool instagram account that totally inspires your work and, the most important thing, these online platforms are a medium to express yourself.

I feel that because of all of this, we get so caught in this world, addicted to our phones that we don't realize what we are missing outside of this bubble. We stop noticing the little moments, we get distracted from our conversation with our friends in order to keep scrolling down instagram, we miss that cute cat on the street because we're to busy checking our phone. 

This is just a kind reminder, most of the times, life is better outside your phone. Disconnect and go explore.


So, in a quick update, this past month I've spent time with my family and friends, I've been to a beautiful island in Greece, taking with me my analog cameras and I've been enjoying getting back to Porto and to work.

//

Acabei de perceber que faz um mês que não publico no Contemporary Lives Here.
Desta vez não foi uma pausa para refazer o blog mas sim uma pausa para aproveitar a minha vida offline.

Hoje em dia, especialmente como blogger, é muito difícil separarmos a nossa vida online/offline. Os nossos dias são planeados com o objectivo de criar contéudo para as nossas plataformas online, as nossas horas passadas a documentar tudo o que fazemos, quase como o nosso reality show pessoal.

Vivemos as nossas vidas conectados com o mundo. Não me levem a mal, ter a possibilidade de estar online e comunicarmos com o mundo é algo mágico. É através disso que conseguimos falar com os nossos amigos Erasmus de outro país no meio da europa ou que descobrimos o trabalho de outros artistas que nos inspiram e, o mais importante, são estas plataformas online que nos dão um meio para nos expressarmos.

Mas sinto que por causa das possibilidades infinitas do online, acabamos por ficar obcecados com os nossos telemóveis e computadores e não percebemos o que estamos a perder lá fora. Deixamos de notar as pequenas coisas, ficamos distraídos da conversa com os nossos amigos para fazermos scroll infinito no instagram, não notamos no gato que passa por nós na rua por estarmos colados ao ecrã do telemóvel.

Esta publicação é um pequeno lembrete: a vida é melhor fora do telemóvel. Desliguem a internet e vão explorar.

Uma actualização do meu último mês: estive a aproveitar a minha vida offline ao lado da minha família e amigos, visitei uma ilha bela na Grécia e levei comigo as minhas máquinas analógicas e agora estou de volta ao Porto.

3 comentários:

  1. É muito bom viver a vida offline e é quando desligo um pouco da internet que tenho tempo para admirar tudo a minha volta e isso deixar-me inspirada porque enquanto estou em casa a fazer o sroll infinito eu esqueço-me de ser feliz e fico a entrar numa vida fechada e triste.
    Adoro entrar num blog e ler estas coisas.
    Beijinhos!
    https://grandesonhadorablog.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Adoro especialmente o último paragrafo! Sem dúvida que uma vida offline também é precisa de vez em quando!

    ResponderEliminar
  3. Compreendo totalmente o que escreves
    Às vezes sabe bem ficar assim, mais desconectada!!

    Kiss kiss.*Jo
    Jo & Company Style

    ResponderEliminar

Contemporary Lives Here © 2017
Template by Blogs & Lattes