DARKSIDE

outubro 17, 2018



Art Direction: Maria Galvão de Sousa, Patrícia de Oliveira, Tiago Lemos
Fotografia Tiago Lemos
Make up and Hair Maria Luís
Post-production Hugo Fortuna


And the cat is out of the bag.
After months of creating, shooting and editing, I can finally reveal that I've started a collaboration with eyewear brand Darkside, where we've had the liberty to reinterpret their classic styles and create small stories around each style. 

The amazing thing was that we didn't have any restraints so we really went all out on these stories, it was so rewarding to create without any limitations, I'm very excited to show you all the pictures. 
Also, I would like to highlight that I was lucky enough to have an amazing team working with me on this, from the initial concept to post-production, and for that, I'm very grateful.

I'm sharing the mood boards and stories behind these pictures on my Instagram, go check them out and let me know what you think. 

//

Chegou a altura de finalmente revelar o projeto em que tenho andado a trabalhar nos últimos meses.
Depois de meses a trabalhar nos conceitos, fotografar e editar, posso dizer que comecei uma colaboração com a marca de óculos de luxo Darkside Eyewear em que tivemos total liberdade para reinterpretar as peças da marcar e criar pequenas histórias para cada estilo.

Foi imensamente recompensador poder criar e fotografar sem limites à nossa imaginação, estou tão entusiasmada para vos mostrar as fotos todas. 
Tive imensa sorte porque tive uma equipa fantástica a trabalhar neste projeto comigo, desde aos conceitos iniciais, procurar o espaço ideal, ao dia da photoshoot e à edição final. 

Partilhei os moodboards e histórias por detrás de cada foto no meu Instagram, vão espreitar e digam-me o que acham. 

THE VINTAGE DEPARTMENT

outubro 08, 2018




All pieces Trash Vintage Porto
Except vintage Levi's from grandma's closet


I know I've talked a lot about this lately, I'm sorry about talking about this again, but it is something that I think about every day and that I really care about.

It is not easy to change the way we think and the way we shop. But the thing is that we don't have other options.
The fashion and the textile industry is one of the most polluting in the world. It's scary to look at the statistics. Check this article for more.
For someone who works and deals with fashion and textiles on a daily basis, I don't want to be part of a polluting industry that overlooks their workers' safety and climate change. 

In order to change, we must look for other options to approach the way we shop:

First, before buying look into your closet, think if you really need that piece. If yes, try to look into your parents' closet, your friends' closet or even your grandma's closet, maybe they have the piece you are looking for and they don't use it anymore.
Finally, if none of this works, visit your local vintage shop and try to look there, maybe there's an amazing vintage piece that is exactly what you were looking for. 

Second, if you really have to buy something new, try to buy consciously and having in mind the way that the pieces are made: Are those workers being paid enough? Are their work conditions good? Is the piece made with high-quality organic materials? Are the dyes used non-toxic? 

I could go on about this forever and maybe I will (no worries, on a different post).

But I just wanted to say that I collaborated with vintage store Trash Vintage in Porto for this post to show you how cool vintage clothes are. 
You can actually find exactly the pieces you were looking for at other fast fashion stores in a vintage store and the great thing is that it will probably be a unique piece, that no one has, and you're giving a second life to a piece.

Buy vintage, stay cool.

//

Eu sei que tenho falado imenso sobre este tema, peço desculpa por o fazer mais uma vez, mas é algo em que penso todos os dias e com o qual me preocupo imenso.

Eu sei que não é fácil e não será de um dia para o outro que vamos mudar a nossa forma de pensar e agir em relação às compras e à moda. Mas o problema é que não temos grandes opções senão mudar.
A indústria da moda e têxtil é uma das mais poluentes do mundo. É assustador ver as estatísticas. Vejam este artigo para saberem mais. 
Para alguém que trabalha e lida com esta indústria todos os dias, eu não quero fazer parte de uma indústria poluente e que negligência os seus trabalhadores e o planeta. 

Temos várias opções para irmos mudando aos poucos, estas são:

Primeiro, antes de comprar algo, temos que olhar para os nossos armários e perceber se realmente precisamos dessa peça. Se a resposta for afirmativa, vamos tentar procurar nos armários dos nossos pais, amigos, avós pela tal peça que precisamos. Caso não encontremos, devemos tentar procurar na loja vintage mais próxima de nós, provavelmente encontraremos uma peça fantástica vintage que era exactamente o que estávamos à procura. 

Segunda, se realmente tivermos que comprar uma peça nova, devemos tentar pensar conscientemente na forma como a peça foi feita: Foram os trabalhadores pagos o suficiente? Foram as peças feitas num local com boas condições? A peça é feita com materiais de alta qualidade e orgânicos? São as cores da peça de materiais não tóxicos para os humanos e planeta?

Podia continuar a escrever sobre este tema para sempre. Talvez o faça (no instagram). 
Mas queria frisar que fiz uma parceria com a Trash Vintage nas Galerias Lumiére do Porto para vos mostrar o quão cool são as roupas vintage e o como podem encontrar as peças que procuram se derem uma oportunidade ao vintage. 

Buy vintage, stay cool. 







LES FILLES

agosto 01, 2018








Created for Les Filles
Photography Márcia Silva

Les Filles means "the girls" or "little girls" in French. 

Remember when you were called a little girl and spent all your summer days outside your house?
Walking around the city, throwing water balloons at your friends, running around and playing hide and seek. You would only go home when the sun was setting, your hair was completely wet and your jeans were filled with grass stains. 

These are a few of the memories I have of my summer days when I was younger. 
It was based on these memories that we've created the concept for this shoot with Les Filles, which made this shoot one of the most fun until now. 
Running up and down while Márcia was trying to capture every move and Martim inciting me to do crazier poses. We were looking like a bunch of little kids playing around. 

Hope you like it! Let me know if you would like to see more content like this. 

1st Look
Skirt MINJUKIM

2nd Look
Dress MINJUKIM

3rd Look
Sweaters Alexandra Moura
Dress MINJUKIM

//

Les Filles significa "raparigas" ou "pequenas raparigas" em Francês.

Lembram-se de quando eram chamadas de pequenas e passavam os vossos dias de Verão nas ruas até ao entardecer?
A passear pelos parques, a atirar balões de água aos vossos amigos, a correr e a jogar às escondidas. Só pensávamos em voltar para casa quando o sol estivesse a pôr e nós com o cabelo completamente molhado e as calças de ganga cheias de manchas de relva.

Estas são algumas das memórias que tenho dos meus dias veranis quando era mais nova.
Foram nestas memórias que nos inspiramos para criar o conceito para estas fotos com a Les Filles, que fez com que esta sessão fosse uma das mais divertidas até agora. 
Corri imenso e saltei de um lado para o outro enquanto a Márcia tentava capturar cada movimento e o Martim me incitava a experimentar poses diferentes. Tal e qual um grupo de miúdos pequenos a brincar. 

Espero que gostem. Digam-me se gostariam de ver mais conteúdo deste género. 

1º Look
Camisola Alexandra Moura
Saia MINJUKIM

2º Look
Camisola Marques' Almeida
Vestido MINJUKIM

3º Look
Camisolas Alexandra Moura
Vestido MINJUKIM


Contemporary Lives Here © 2017
Template by Blogs & Lattes