A STUDY IN YELLOW

fevereiro 21, 2018


When: 13 January 2018
What: Rita Carvalho SS18
Where: WC Beautique Hotel

This is the second part of this series and I can finally show you some of my favourite pictures.
This hotel and it's minty blues! It gives me Wes Anderson's 'The Darjeeling Limited' vibes (yes, I'm a huge fan): the stairs, the tiles and the velvet curtains. 

Ignoring the people who might have been watching this shoot in the middle of a Sunday at WC Beautique Hotel, me and Matilde didn't let shyness held us back while taking these pictures and went straight to the stairs to practice weird poses and change from Rita Carvalho's SS18 oversized dress to the AW17 bright yellow sweater. 
Sometimes you just have to go with the flow!

Let me know what you think and if you would like me to start shooting more in film! 

//
Esta é a segunda parte desta série e finalmente posso revelar alguma das minhas fotos favoritas.
Este hotel e os seus azuis mentolados! Lembra-me o filme "The Darjeeling Limited" do Wes Anderson (sim, sou uma grande fã de WA): as escadas, os azulejos e as cortinas de veludo.

Ignorando as pessoas todas que possivelmente poderiam estar a passar no WC Beautique Hotel num domingo de manhã, eu e a Matilde não deixámos que a timidez nos "intimidasse" e fomos logo para as escadas do hotel praticar poses estranhas e trocar do vestido oversized Rita Carvalho SS18 para a camisola em amarelo vivo parte da coleção AW17.

Digam-me o que acham destas fotos e se gostariam que fotografasse mais em analógico!



A STUDY IN SCARLET

fevereiro 08, 2018



When: 13 January 2018
What: Rita Carvalho SS18
Where: WC Beautique Hotel

When I started the talk about these pictures with Matilde I clearly remember that she said: 
-Digital loses so much compared with shooting film, especially the colours, the colours are more vivid. 
Couldn't be truer, for these pictures the vivid colours where the main focus in order to capture Rita Carvalho's bold scarlet garments and WC Beautique Hotel's beautiful blue mint interiors.

It felt so good to work with film again. It's been awhile since I've used my own cameras to shoot, I have 5 rolls of film from my summer holidays waiting to be developed. 
Yes, it takes time. Yes, it's not instant. 
Analogue photography it's an experience per se. The thinking, evaluating the light, framing, taking the shot and waiting to be revealed. It's all part of the process. 

Shooting with Matilde while wearing Rita Carvalho was all part of this process. A beautiful process of finding the balance between colours and lights, textures and patterns, and seeking the perfect shot. 
Hope you liked the first part of these series. 

//

Quando comecei a conversa sobre estas fotografias com a Matilde lembro-me perfeitamente que ela disse :
-O digital perde tanto comparado com o analógico, especialmente as cores, as cores são mais vívidas.
Não podia ser mais verdade, para estas fotografias as cores vívidas eram o nosso foco principal para capturar as peças Rita Carvalho em encarnado vivo e os bonitos interiores em verde menta do WC Beautique Hotel.

Senti-me tão bem ao voltar ao analógico outra vez. Há meses que não uso as minhas câmeras para fotografar, tenho 5 rolos de filme para revelar. 
Sim, leva tempo. Sim, não é instantâneo. 
A fotografia analógica é uma experiência per se. O pensar, avaliar a luz, enquadrar, tirar a fotografia e esperar que seja revelado. Faz tudo parte do processo.

Fotografar com a Matilde nas peças Rita Carvalho foi todo um processo. Um processo bonito de equilíbrio entre cores e luzes, texturas e padrões e de explorar/tirar a foto perfeita. 
Espero que gostem da primeira parte desta série. 







Action Sampler

janeiro 17, 2018




Sometimes we need to step out of our box to understand what's going around us. 


For example, it seems more and more that video is becoming the main media of communication. Facebook favours video with its algorithm (because people stay longer at a certain post). Bloggers are expanding to Youtube as another channel of communication with their readers. It's the rise of YouTubers. 
Overall video prevails over image. 

So for me, it's interesting to work with the idea of an Action Sampler, where we can capture movement through 4 images. In 0.66 seconds, the camera will shoot with all the lens (0.22 sec per image), capturing four images in sequence, causing a mini-movie effect in one photo. 

It feels like these pictures are an analogy for this revolution: The idea of a movement born from still pictures.
Tell me what you think about all of this. 

//

Às vezes precisamos de sair da nossa bolha para perceber o que se passa à nossa volta.

Por exemplo, a cada dia que passa, parece que o vídeo se está a tornar a principal forma de comunicação.
O Facebook favorece os vídeos no seu novo algoritmo, porque as pessoas ficam mais tempo em cada publicação. Os bloggers estão a expandir para o Youtube como outro canal de comunicação com os seus leitores. É a era dos Youtubers. 
No geral, o vídeo prevalece sobre a imagem.

Para mim, estando do lado em minoria, é interessante trabalhar esta ideia da máquina lomográfica Action Sample, que captura o movimento através de 4 imagens. 
Em 0,66 segundos, a câmara vai fotografar com todas as lentes (0,22 segundos por imagem) e captura 4 imagens em sequência, causando o efeito de um mini-filme numa imagem.

Sinto que estas imagens são uma analogia para esta revolução: A ideia de movimento nasce de imagens paradas.
Digam-me o que acham sobre isto. 

Contemporary Lives Here © 2017
Template by Blogs & Lattes