A Swimsuit Story

julho 25, 2017




Swimsuit: Nyos Swimwear / Fato de Banho: Nyos Swimwear




If you told me last year that I would be posting pictures of me in a swimsuit at Contemporary Lives Here, I would shiver and answer: never in a million years. 


I think for me, specially working in fashion, seeing models everyday whether in lookbooks or real life, it becomes really hard to stop comparing myself and my body to other people's bodies. 

In order to avoid that comparison, I've always been one to love more oversized clothes and to feel uncomfortable to post any pictures where I revealed a bit of skin. 

The truth is, by now, we should all have learned to love ourselves a bit more and stop comparing us to other people's bodies, faces or talents. Instead, we should be able to admire their beauty never doubting our own personal beauty and value. 

One thing I always try to remember is that are our little quirks and imperfections that really make us interesting and who we are.
As Alber Elbaz once said "Perfect is the end. Perfection is what scares me. Perfect people, perfect scenarios, perfect moments, perfect clothes, for me, are boring. I like imperfections; I like the tension."

Thus, I'm taking this post as a celebration of a first. The first time I post a swimsuit story and I don't panic about it. 

//

Se me dissessem o ano passado que em Julho de 2017 estaria a publicar fotos em fato de banho no Contemporary Lives Here, eu tremeria e respondia que isso nunca ia acontecer.

Acho que para mim, especialmente por trabalhar em moda, ver modelos todos os dias quer em lookbooks ou vida real, torna muito difícil distanciar-me e não me comparar a mim própria e ao meu corpo aos corpos de outras pessoas.
De forma a evitar essa comparação, sempre gostei de roupas mais oversized e sempre me senti desconfortável a publicar fotos em que mostrava mais 10cm de pele do que o normal.

A verdade é que, em 2017, já devíamos ter aprendido a gostar de nós próprios em primeiro lugar e parar de nos comparar aos corpos, caras ou talentos de outras pessoas. Em vez disso, devíamos conseguir admirar a beleza dos outros sem duvidar da nossa própria beleza ou valor.

Algo que tento lembrar constantemente é que são as nossas imperfeições e peculiaridades que nos fazem interessantes e quem nós somos.
Como o Alber Elbaz disse "Perfect is the end. Perfection is what scares me. Perfect people, perfect scenarios, perfect moments, perfect clothes, for me, are boring. I like imperfections; I like the tension."

Por isso estou a usar esta publicação para celebrar uma primeira vez. A primeira vez que publiquei uma foto de fato de banho e que não estou a entrar em pânico.


The In Between Moments

julho 10, 2017



It was the 5th day of PFW Men. The day of work was over and we were waiting for a table in the vegan Asian restaurant near Canal Saint Martin. 

It was on that "in between moment" that I took these pictures. 
As I told you in my last publication, I've been getting lots of questions about what I've been doing in Paris. I decided to choose the 3 most asked questions and answer them here: 

Were you in Paris visiting or working?
As much as I wish I could go 4 times a year to Paris to visit (Paris is one of my favourite cities ever), I'm going mainly for work, of course on my off times (usually at night) I can always visit Paris which also gives it a Midnight in Paris feeling.

What about when you go to London?
Yes, I usually do London and Paris Fashion Week. (Men and Women)

What do you work on?
I work on Fashion Communication and Production. Basically, I work with a showroom (@heavylondonshowroom) and we represent new exciting brands in the main fashion weeks. I really love what I do and being able to travel while working, it's truly a fulfilled dream. 

Hope I answered some of your questions, if you have any more, leave them here and I'll ask them in a future publication. 

//

Era o quinto dia da semana da moda de homem de Paris. O dia de trabalho tinha acabado e estávamos à espera de uma mesa no restaurante vegan asiático perto do canal Saint Martin. 

Foi nesse momento que tirei estas fotos. 
Como disse na última publicação, recebi imensas questões esta semana sobre o que estava a fazer em Paris e no que estava a trabalhar e decidi escolher as 3 mais frequentes e responder aqui:

Foste a Paris em visita ou trabalho?
Por muito que gostasse de ir 4 vezes a Paris por ano em visita (Paris é uma das minhas cidades favoritas de sempre), vou principalmente em trabalho. Claro que, nas horas vagas, normalmente ao final da tarde/noite, posso sempre visitar Paris com mais calma (o que lhe dá um ar místico à la Midnight In Paris do Woody Allen) . 

Quando viajas para Londres também vais em trabalho?
Sim, normalmente costumo fazer as semanas da moda de Londres e de Paris, homem e mulher.

Qual é o teu trabalho?
Eu trabalho na área de comunicação e produção de moda. Basicamente, trabalho num showroom e agência de desenvolvimento de marcas (@heavylondonshowroom) e representamos novas marcas durante as principais semanas da moda. Adoro o que faço e poder viajar em trabalho para as minhas cidades favoritas é verdadeiramente um sonho tornado realidade.

Espero que tenha esclarecido algumas dúvidas mas se tiverem mais questões, não hesitem em perguntar. Let's talk!

Floating

julho 04, 2017

Floating. 
For this post, I was looking at the picture and thinking about all the meanings of the verb "floating".

I could start by using an euphemism while saying that I'm floating in life, in the sense of being carefree and simply relaxing. 
But saying it seems a bit opposite to the weeks I just had: 2 weeks of non-stop work, hecticness and excitement, in three simple words: Paris Fashion Week. 

As usual, as much as you plan, you end up never having time for anything and going from working, to presentations and networking at parties. 

Although, I think that at my 3rd fashion week, I'm already starting to be at ease with everything around me. The routines, the habits, the rush; it feels that I can subsequently swim with the tide and actually enjoy it. 
So, right now, this is my mood, enjoying the waves, working hard for the next one and feeling proud that by the end of last week I learned how to float in the middle of the flow. 

P.S. I'm getting some questions about what I do during PFW, so leave me yours below and I'll answer all of them soon. 

\\

Flutuar.
Para esta publicação, estive a olhar para esta fotografia e pensar em todos os significados do verbo "flutuar".

Podia começar com um grande eufemismo ao dizer que me sinto a "flutuar" na minha vida diária, no sentido de estar relaxada e sem preocupações.
Mas, na verdade, dizê-lo parece um pouco contrário às duas semanas que passei, trabalho non-stop, dias frenéticos mas entusiasmantes, em três palavras: Paris Fashion Week. 

Como sempre, acabamos sempre por nunca ter tempo para nada e balançar a nossa atenção entre trabalho, apresentações e fazer contactos entre festas.

No entanto, eu sinto que com a minha terceira semana da moda, já começo a estar à vontade com tudo que me rodeia. Com as rotinas, os hábitos e a correria, parece que já aprendi a nadar com a maré e agora consigo aproveitá-la ao máximo.
Por isso, de momento, este é o meu estado de espírito, a aproveitar a onda, em preparação para Setembro e a sentir-me orgulhosa porque na semana passada finalmente aprendi "a flutuar no meio da corrente".

P.S. Tenho recebido imensas questões sobre o que estive a fazer durante a semana da moda, por isso deixem-me as vossas por comentário e irei responder em breve.
Contemporary Lives Here © 2017
Template by Blogs & Lattes